Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública

A REDESCOLA é um espaço de diálogo permanente entre instituições de ensino de saúde no Brasil, favoráveis à construção de consensos em torno de uma educação permanente, que valorize a transformação das práticas profissionais e da organização do trabalho e que fortaleça o controle social. A Rede é comprometida com uma cultura de cooperação, favorecendo a construção compartilhada e a circulação de conhecimentos e o desenvolvimento de competências no interior do Sistema Único de Saúde.

A mobilização da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública é de responsabilidade da Secretaria Técnica Executiva, do Grupo de Condução - composto por representantes de 10 Escolas que se reúne a cada 3 ou 4 meses - e de um Conselho Consultivo - que envolve órgãos ligados ao Ministério da Saúde. Esse corpo técnico se propõe a impulsionar os processos diretivos da Rede acompanhando sua evolução e sugerindo programas de renovação.

Composta por 48 Escolas, Núcleos de Saúde e Centros Formadores, integrando Escolas ligadas aos Sistemas Estaduais e Municipais de Saúde e Centros Universitários engajados nessas atividades nas cinco regiões do país, a Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública promove: (1) O fortalecimento de vínculos já existentes e a criação de novos vínculos; (2) Olhares diferentes sobre o mesmo fenômeno; (3) A capilaridade e a disseminação das informações; (4) A democratização das informações; (5) A desarticulação da pirâmide clássica; (6) O manejo de produtos relativamente uniformes considerando o nível de autonomia; (7) O alcance a lugares bastante heterogêneos; (8) O respeito as singularidades locais; (9) O sentimento de pertencimento ao trabalho em grupo; (10) O fortalecimento de expertises; (11) A superação do trabalho isolado, fragmentado, pulverização de esforços e recursos destinados à formação em saúde.

Missão
Articular e fortalecer as escolas e os centros formadores em saúde pública/coletiva, mediante estratégias para o desenvolvimento de políticas e ações no âmbito da Educação na Saúde, visando a produção do conhecimento e a qualificação da força de trabalho no SUS.
 
Visão
Ser reconhecida, nacionalmente, como ator político relevante no âmbito da Educação na Saúde, constituindo-se como referência para o desenvolvimento de políticas para o SUS e produção e circulação de conhecimento.
 
Valores
  • Inclusão
  • Diversidade
  • Solidariedade
  • Gestão Democrática
  • Aprendizagem permanente
  • Confiança

 

Sobre o site

No início de 2012, a REDESCOLA lançou este site como espaço tecnológico de compartilhamento que traz informações atualizadas sobre cursos, projetos, eventos, recursos de aprendizagem, agenda de encontros, notícias e também um local para compartilhamentos, fóruns, depoimentos e discussões sobre temas afins entre as 48 Escolas que compõem a Rede. O site da REDESCOLA foi desenvolvido pela equipe de analistas de Tecnologia de Informação da Coordenação de Comunicação Institucional (CCI/ENSP).

Em maio de 2011, iniciou-se uma cooperação técnica que envolve os sites de Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública, Campus Virtual de Saúde PúblicaUniversidade Aberta do SUS, onde a finalidade é integrar estes repositórios na disponibilização de materiais online para proporcionar uma maior visibilidade de produções e iniciativas das Escolas de Saúde.